As cidades enfrentam cada vez mais dificuldades para prover uma mobilidade eficiente às pessoas. Os ônibus, peça fundamental para esta visão, respondem por quase 90% do transporte coletivo do país, mas sofrem com o congestionamento e a perda de passageiros que migram para carros, motos e novas alternativas. É urgente que prefeituras e operadores se unam para reverter esse cenário, priorizando o transporte coletivo e concentrando investimentos e ações que tenham foco nas pessoas.

Para apoiar cidades e operadores no processo de melhoria contínua da qualidade com foco nas pessoas, o WRI Brasil desenvolveu o Programa QualiÔnibus, composto por ferramentas e fóruns de discussão que guiam tomadores de decisão e técnicos no caminho da transformação do transporte coletivo.

O Programa QualiÔnibus

Para saber mais sobre o Programa QualiÔnibus e suas ferramentas, acesse nossas publicações ou entre em contato pelo e-mail qualionibus@wri.org.

O Programa QualiÔnibus tem por objetivo qualificar o serviço de transporte coletivo por ônibus. Desenvolvido pelo WRI Brasil com o apoio financeiro e conceitual da FedEx Corporation, o programa visa atrair e manter clientes do sistema, melhorar a mobilidade e tornar mais sustentável o transporte coletivo nas cidades.

O QualiÔnibus é formado por cinco ferramentas que possibilitam aos provedores do transporte coletivo criar um ciclo virtuoso de benefícios. Ao avaliar e melhorar o desempenho do transporte coletivo, cidades e empresas podem oferecer um serviço de maior qualidade para a população.

Grupo de Benchmarking

Estabelecido em 2017, o Grupo de Benchmarking é formado por cidades e empresas que buscam a adoção de ações mais efetivas para a melhoria da qualidade dos sistemas de transporte com foco no cliente. Hoje, o Grupo conta com 27 participantes que juntos são responsáveis por transportar mais de 480 milhões de passageiros por mês.

Por meio da coleta dos Indicadores de Qualidade e da aplicação da Pesquisa de Satisfação, é promovida a troca de experiência e a identificação de boas práticas entre os participantes. O processo facilita a replicação dessas ações em diferentes sistemas de transporte e torna mais efetiva a busca por soluções para o transporte coletivo.

O Grupo conta com facilitadores – instituições de reconhecimento técnico na área como FGV/CERI, ITDP Brasil e NTU – e com o apoio da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana do Ministério de Desenvolvimento Regional e do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana/ANTP e da Frente Nacional de Prefeitos.

Atualmente, os participantes do Grupo de Benchmarking QualiÔnibus são:

  • Belém - SEMOB
  • Belo Horizonte - BHTRANS
  • Blumenau - SMTT
  • Campinas - EMDEC
  • Campos dos Goytacazes - IMTT
  • Curitiba - URBS
  • Estado do Rio de Janeiro - SEMOVE
  • Fortaleza - ETUFOR
  • Goiânia - CMTC
  • Joinville - SEPUD
  • Juiz de Fora - SETTRA
  • Novo Hamburgo - SEDUH
  • Palmas - SESMU
  • Pelotas - STT
  • Porto Alegre - EPTC e SMMU
  • Recife - ICPS e GRCTM
  • Rio Branco - SEINFRA, SEPLAN e RBTRANS
  • Rio de Janeiro - Rio Ônibus
  • Rio de Janeiro - SMTR
  • Salvador - SEMOB
  • Salvador - Integra
  • São José do Rio Preto - SMTTS
  • São José dos Campos - SEMOB
  • São Paulo - SPTRANS
  • Teresina - STrans
  • Uberlândia - SETTRAN
  • Uberaba - SEDEST

Indicadores de Qualidade

Os Indicadores de Qualidade permitem avaliar cumprimento de metas, evolução da qualidade do serviço e impactos decorrentes de projetos e mudanças no sistema de transporte. Os Indicadores possuem metodologias padronizadas e contemplam todos os aspectos relacionados ao uso, operação e gestão do transporte coletivo. Cidades e empresas que fazem parte do Grupo de Benchmarking QualiÔnibus coletam os Indicadores, o que possibilita comparações e identificação de boas práticas.

Pesquisa de Satisfação

A Pesquisa de Satisfação avalia de forma detalhada e quantitativa a satisfação e a percepção dos clientes do transporte coletivo por ônibus. Com questionário e metodologia padronizados, são avaliados os fatores da qualidade envolvidos no deslocamento dos clientes. Os resultados da pesquisa permitem que os aspectos prioritários para as pessoas sejam considerados na tomada de decisão. A Pesquisa de Satisfação já foi aplicada por mais de 10 cidades brasileiras e é a ferramenta usada pelas cidades e empresas que fazem parte do Grupo de Benchmarking, possibilitando comparações e identificação de boas práticas.

Dia Um de Operação

O Dia Um de Operação auxilia as cidades na implantação de sistemas de transporte, apresentando os passos necessários para elaboração de manuais operacionais e procedimentos de contingência. Um bem-sucedido início de operação é fundamental para a construção de uma percepção da melhoria na qualidade do serviço em relação ao ofertado anteriormente. Para garantir que a imagem transmitida seja positiva, deve-se estar preparado para superar eventuais desafios.

Segurança em Primeiro Lugar

Guia a elaboração de um Plano Integrado de Segurança Viária visando à melhoria da operação de sistemas de ônibus através da qualificação dos motoristas. O Plano é composto por três etapas complementares: (i) treinamento dos motoristas com foco em segurança viária, (ii) implementação de programas para desenvolvimento contínuo dos motoristas e (iii) medição dos impactos através do monitoramento de acidentes.